Acompanhe:

Hub de economia verde reúne Pacto Global, CEDBS e SOS Mata Atlântica

Capitaneado pela Aya Earth Partners, projeto ocupa área de 2,5 mil m² no complexo Cidade Matarazzo

Modo escuro

O complexo Cidade Matarazzo abrigará um hub de economia verde com 2,5 mil m² (Cidade Matarazzo/Divulgação)

O complexo Cidade Matarazzo abrigará um hub de economia verde com 2,5 mil m² (Cidade Matarazzo/Divulgação)

R
Rodrigo Caetano

Publicado em 7 de março de 2023, 15h16.

A Aya Earth Partners, coalizão que reúne empresas, academia e o terceiro setor em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), lança nesta terça-feira, 7, um hub de economia verde localizado no Complexo Cidade Matarazzo, em São Paulo. O espaço, de 2,5 mil m², funcionará como um ecossistema para o desenvolvimento da economia de baixo carbono, e a expectativa é ter mais de mil profissionais circulando pelo hub semanalmente.

Desde seu lançamento, na Assembleia Geral da ONU realizada em setembro do ano passado em Nova York, a coalização reuniu 30 parceiros, entre eles o banco Bradesco, a consultoria Deloitte, o escritório Mattos Filhos, e organizações do terceiro setor como o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), a SOS Mata Atlântica e o Pacto Global da ONU no Brasil, que será um dos residentes no novo espaço da Aya.

“Será um espaço para troca de conhecimentos e também para a oferta de serviços”, afirma Patrícia Ellen, ex-secretária do governo do Estado de São Paulo, que lidera a iniciativa ao lado do empresário Alexandre Allard. “Todas as empresas precisam compreender a necessidade de um novo modelo econômico.”

Modelo de assinatura

Para participar do hub, as empresas interessadas devem aderir à coalizão, que funciona no modelo de assinatura. São seis categorias:

  • Strategic Partners - mais de 1 Bilhão
  • Patron - 500 Milhões a 1 Bilhão
  • Premium - 50 Milhões a 500 Milhões
  • Green - 1 Milhão a 50 Milhões
  • Ally - 200 mil a 1 Milhão
  • Connect - Até 300 mil

Também estão disponíveis diferentes pacotes de serviços, que atendem empresas de todos os portes, voltados para a aceleração da transição para um modelo de negócios de baixo carbono.

  • Uso do espaço, com toda sua infraestrutura, e a oportunidade de convivência e trocas com outras empresas, organizações e profissionais de destaque no mercado.
  • Mentoria estratégica, com uma curadoria especializada para orientar os caminhos da transformação e apoiar novos líderes capazes de conduzir a companhia nessa jornada.
  • Backbone se baseia em um grupo de parceiros especializados que irão oferecer apoio em todos os desafios da mudança verde, seja de financiamento, tecnologia, gestão organizacional, jurídico e recursos humanos.
  • Acesso a conteúdo em diferentes formatos, como participação em eventos temáticos, conferências nacionais e internacionais, relatórios exclusivos, podcasts, entre outros. Os parceiros também terão apoio para participar, ao lado da AYA Earth Partners, dos principais eventos internacionais da agenda climática, como a COP, a Climate Week e o Fórum Econômico Mundial.

Arquitetura verde

O espaço da Aya conta com projeto arquitetônico do francês Rudy Ricciotti e está divididos em três pavimentos, com um rooftop. Ao todo, são 2,5 mil m² de área, integrada a outros 7 mil m² de Mata Atlântica, que fazem parte do Complexo Matarazzo, empreendimento hoteleiro localizado na icônica Avenida Paulista, um dos centros financeiros de São Paulo.

Inaugurado no ano passado, o complexo ocupa uma área de 30 mil m² onde se encontram 10 prédios tombados. Sua construção foi pensada a partir de conceitos de construção verde, dentro dos requisitos para a certificação LEED Platinum V4.

“É simbólico que esse espaço seja em São Paulo e no complexo Matarazzo, pois representa uma transição da bem-sucedida criação de uma era industrial, que impulsionou o desenvolvimento do Brasil nos séculos passados, mas que já não é mais suficiente frente aos desafios que temos nos dias atuais”, afirma Alexandre Allard.

Créditos

Rodrigo Caetano

Rodrigo Caetano

Editor ESG Trabalhou como repórter e editor nas principais publicações de negócios do país. Venceu os prêmios Petrobras e Citi Journalistic Excellence. Atualmente, lidera a editoria ESG da Exame e apresenta o podcast ESG de A a Z.