ESG

Apoio:

logo_suvinil_500x252
Logo TIM__313x500
logo_unipar_500x313
logo_espro_500x313
logo_engie_500X252

Parceiro institucional:

logo_pacto-global_100x50

BID Invest, que espera movimentar US$ 102 bi na América Latina, promove evento ESG em Manaus

Sustainability Week acontece entre os dias 11 e 14 de junho e tem 800 participantes confirmados, sendo 200 C-Level

Porto de Manaus: um dos focos do BID Invest é promover investimentos na Amazônia e em áreas como água e saneamento (Leandro Fonseca/Exame)

Porto de Manaus: um dos focos do BID Invest é promover investimentos na Amazônia e em áreas como água e saneamento (Leandro Fonseca/Exame)

Rodrigo Caetano
Rodrigo Caetano

Editor ESG

Publicado em 8 de junho de 2024 às 11h16.

Última atualização em 8 de junho de 2024 às 11h18.

O BID Invest, braço de investimentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) promove, de 11 a 14 de junho em Manaus, a Sustainability Week, semana de debates voltada a investimentos de impacto e infraestrutura sustentável. Luiz Gabriel Azevedo, diretor geral de estratégia do BID Invest, destaca a abordagem do evento como plataforma de conexão entre governos locais, empresas e investidores. Já confirmaram presença mais de 800 participantes, incluindo 200 executivos C-Level.

Entre os palestrantes, estão Luiza Trajano, presidente do conselho do Magazine Luiza, Ilan Goldfajn, presidente do BID, e Carter Roberts, CEO da WWF. A expectativa é estabelecer, em Manaus, um hub de referência em soluções para infraestrutura sustentável e adaptação ao clima. Os debates abordarão temas como investimentos de impacto, Amazônia, inclusão, bioeconomia e mudanças climáticas.

A Sustainability Week integra a iniciativa do BID Invest de movimentar 102 bilhões de dólares em investimentos em infraestrutura e adaptação climática na América Latina até 2030. O desafio central, diz Azevedo, é identificar projetos alinhados às expectativas dos investidores. Em março, as Assembleias de Governadores do BID e do BID Invest aprovaram reformas para ampliar o impacto e alcance do Grupo BID na região. Houve aprovação de 400 milhões de dólares adicionais para o BID Lab, braço de inovação, e um incremento de capital de 3,5 bilhões de dólares para o BID Invest.

O foco da nova Estratégia Institucional do BID é reduzir pobreza e desigualdade, combater mudanças climáticas e impulsionar crescimento regional sustentável. Azevedo ressalta o papel do banco como catalisador de investimentos, atraindo capital de diversos atores do mercado. Ele destaca a importância de dar visibilidade a projetos de infraestrutura nas áreas menos atrativas para investidores privados, como água e saneamento.

"A luta contra as mudanças climáticas é um desafio de grande magnitude", afirma Azevedo. "Há recursos significativos disponíveis para projetos adequados, por isso é crucial aumentar a visibilidade dessas oportunidades".

Confira aqui a programação da Sustainability Week.

Acompanhe tudo sobre:ManausBanco Interamericano de Desenvolvimento

Mais de ESG

Muita água e gente com sede: o paradoxo vivido pelo Amazonas com as mudanças climáticas

Existe uma alternativa de baixo impacto ambiental para desenvolvimento da geração hidrelétrica?

Urgência climática não sensibiliza países ricos e ajuda para fundo de perdas e danos empaca

Estratégia da Schneider Electric para descarbonizar energia prioriza América do Sul, diz CEO

Mais na Exame