Um conteúdo Esfera Brasil

Nobel de Economia vem ao Brasil falar sobre economia comportamental

Daniel Kahneman é a principal atração do DDB – Data Driven Business, maior evento de dados para negócios país
 (Foto/Getty Images)
(Foto/Getty Images)
E
Esfera BrasilPublicado em 17/07/2022 às 09:00.

O psicólogo, pesquisador, escritor e Prêmio Nobel de Economia com estudo sobre economia comportamental, Daniel Kahneman virá ao Brasil no mês que vem. O famoso pensador será o principal palestrante do DDB (Data Driven Business), maior evento de dados para negócios do país, organizado em parceria da Neoway com a B3.

“Transforme dados em visão de futuro” é o mote principal dessa que é a 5ª edição do DDB. Temas como inteligência analítica, cultura de inovação, privacidade, ética e governança de dados estarão presentes nas palestras e debates.

No dia 30 de agosto, no WTC, em São Paulo, Kahneman falará sobre a presença de vieses, intuição e razão nas tomadas de decisão. Esse é o tema do seu livro mais recente, “Ruído: Uma falha no julgamento humano”. A obra, que vem logo após ao best seller “Rápido e Devagar”, ressalta que fatores inconscientes interferem nas decisões das pessoas, aumentando a possibilidade de erros que poderiam ser evitados pela tecnologia.

“A adoção cada vez maior de tecnologia e estratégias orientadas a dados é um caminho sem volta. Isso reduz, entre outras coisas, equívocos que custam alto às companhias e sociedade como um todo. Quem estiver no DDB terá acesso a pessoas e maiores tendências que estão sendo trabalhadas mundo a fora”, comenta Kadu Monguilhott, CEO da Neoway.

Focado em C-level, diretores e conselheiros de grandes corporações, o DDB terá atividades      híbridas e 100% presenciais, caso da palestra de Kahneman.  O evento deve reunir mais de mil executivos. Os interessados em participar devem se inscrever, gratuitamente, no site do DDB.

“É muito gratificante contar com a presença do Kahneman em nosso evento. Trocar experiências com um Prêmio Nobel, mundialmente respeitado, certamente, será uma oportunidade incrível”, continua Monguilhott.