Um conteúdo Esfera Brasil

Empregos gerados via concessões vão surpreender, diz Daniella Marques

Segundo a secretária especial do Ministério da Economia, a previsão da pasta para a economia é “mais otimista” do que as estimativas do mercado
 (Adriano Machado/Reuters)
(Adriano Machado/Reuters)
Por Esfera BrasilPublicado em 03/05/2022 09:00 | Última atualização em 03/05/2022 14:03Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A secretária especial do Ministério da Economia, Daniella Marques, afirmou em evento promovido pela Esfera Brasil que é pela via do emprego e do investimento privado “que o Brasil irá surpreender positivamente” neste ano. E que a previsão da pasta para a economia é “mais otimista” do que as estimativas do mercado.

De acordo com ela, essas estimativas não estão levando em conta dois fatores. O primeiro é o modelo de concessão baseado majoritariamente em investimentos, e não em outorgas. “Só o leilão do 5G demanda 40 bilhões de reais de investimento naquele setor para ter internet para todo mundo”, disse. “Já realizamos mais de 300 leilões e temos contratados mais de 1 trilhão de reais em investimentos.”

O outro fator é a geração de empregos via as contratações feitas com as concessões. “Havia muita gente desocupada por conta da pandemia, e isso está mudando, segundo dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Isso mostra que é pela via do investimento privado e do emprego que o Brasil irá surpreender positivamente.”

Daniella também ressaltou que a maioria dos estados brasileiros está com recursos em caixa, o que levou 23 governadores a anunciarem aumento de salário para o funcionalismo público neste ano.

 “A gente deu 20 bilhões de reais para os estados durante a pandemia para compensar uma queda de 40% do ICMS, mas a arrecadação do ICMS não caiu por causa do auxílio emergencial. Depois pegaram bandeira vermelha de energia e, por fim, o [aumento] do combustível”, disse.