• AALR3 R$ 20,10 -0.50
  • AAPL34 R$ 68,10 1.98
  • ABCB4 R$ 16,86 1.02
  • ABEV3 R$ 13,94 -0.57
  • AERI3 R$ 3,80 4.40
  • AESB3 R$ 10,86 1.50
  • AGRO3 R$ 31,01 0.88
  • ALPA4 R$ 20,71 1.22
  • ALSO3 R$ 19,44 2.26
  • ALUP11 R$ 27,31 1.90
  • AMAR3 R$ 2,49 3.32
  • AMBP3 R$ 31,24 3.96
  • AMER3 R$ 23,96 2.09
  • AMZO34 R$ 64,37 -3.41
  • ANIM3 R$ 5,66 3.85
  • ARZZ3 R$ 79,88 -1.82
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.13
  • AZUL4 R$ 21,64 2.56
  • B3SA3 R$ 12,08 0.33
  • BBAS3 R$ 38,40 3.78
  • AALR3 R$ 20,10 -0.50
  • AAPL34 R$ 68,10 1.98
  • ABCB4 R$ 16,86 1.02
  • ABEV3 R$ 13,94 -0.57
  • AERI3 R$ 3,80 4.40
  • AESB3 R$ 10,86 1.50
  • AGRO3 R$ 31,01 0.88
  • ALPA4 R$ 20,71 1.22
  • ALSO3 R$ 19,44 2.26
  • ALUP11 R$ 27,31 1.90
  • AMAR3 R$ 2,49 3.32
  • AMBP3 R$ 31,24 3.96
  • AMER3 R$ 23,96 2.09
  • AMZO34 R$ 64,37 -3.41
  • ANIM3 R$ 5,66 3.85
  • ARZZ3 R$ 79,88 -1.82
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.13
  • AZUL4 R$ 21,64 2.56
  • B3SA3 R$ 12,08 0.33
  • BBAS3 R$ 38,40 3.78
Abra sua conta no BTG

Vendas no varejo brasileiro despencam 36,5% em abril, mostra ICVA

Este é o pior resultado registrado pelo índice desde sua criação em janeiro de 2014
Varejo: setor enfrenta forte queda durante período de isolamento social por conta da pandemia de coronavírus (Exame/Germano Lüders)
Varejo: setor enfrenta forte queda durante período de isolamento social por conta da pandemia de coronavírus (Exame/Germano Lüders)
Por ReutersPublicado em 18/05/2020 10:10 | Última atualização em 18/05/2020 10:10Tempo de Leitura: 1 min de leitura

As vendas no varejo brasileiro recuaram 36,5% em abril ante o mesmo período do ano anterior, descontando a inflação, mostrou nesta segunda-feira o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA), que acompanha o desempenho de 1,5 milhão de varejistas credenciados à empresa de meios de pagamentos.

"É o resultado mais negativo apurado pelo índice desde sua criação em janeiro de 2014", afirmou a Cielo, que ainda citou um efeito calendário levemente positivo para abril de 2020 - o ICVA deflacionado com ajuste de calendário caiu 37,1%.

Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, o ICVA recuou 35,4%.

"Diferente de março, quando as vendas sofreram um baque apenas nas duas últimas semanas, o mês de abril foi afetado pelo Covid-19 em seus 30 dias", citou Gabriel Mariotto, diretor de Inteligência da Cielo.

"Com exceção de Supermercados e Hipermercados e Veterinárias e Petshops, todos os setores apresentaram quedas nas vendas, com alguns inclusive chegando a quedas de 80%", acrescentou.