Taxa de desemprego na Itália caiu um décimo em maio

A redução no país foi para 10,1%, um décimo abaixo da registrada em abril de 2012

Roma - A taxa de desemprego na Itália se reduziu ligeiramente em maio passado para 10,1%, um décimo abaixo da registrada em abril de 2012, até agora a pior desde que em 2004 começou o registro mensal, segundo os dados provisórios publicados pelo Instituto de Estatística Italiano (Istat).

Este dado também representa um aumento de 1,9 ponto percentual frente à taxa de desemprego registrada em maio de 2011, quando foi de 8,2%.

O número de desocupados em maio passado estava em 2,58 milhões de pessoas, 0,7% menos que em abril (18 mil pessoas menos), mas 26% mais que no quinto mês de 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.