Setor público tem déficit primário de R$ 155,8 bi em 2016

Dados do Banco Central mostram que o terceiro rombo consecutivo no setor é equivalente a 2,47 por centro do Produto Interno Bruto (PIB)

Brasília – O setor público consolidado brasileiro fechou 2016 com déficit primário de 155,791 bilhões de reais, pior resultado histórico, mas dentro da meta de 163,9 bilhões de reais definida para o ano.

O rombo, terceiro consecutivo, é equivalente a 2,47 por centro do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta terça-feira.

A dívida bruta subiu 4 pontos percentuais para 69,5 por cento do PIB no ano, enquanto a dívida líquida saltou 10,3 pontos percentuais para 45,9 por cento do PIB.

Em dezembro, o déficit primário foi de 70,7 bilhões de reais, abaixo de um saldo negativo em 78,0 bilhões de reais estimado por analistas.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.