Seguro de carros deve crescer 15% em quatro anos, vê Itaú

Informação é do diretor da seguradora Itaú Auto e Residência, Ney Dias

São Paulo – O mercado de seguros para automóveis deve crescer em média 15% ao ano até 2016. É o que acredita o diretor da seguradora Itaú Auto e Residência, Ney Dias. Ele se baseia em dados que mostram que apenas 35% da frota de automóveis passível de cobertura está segurada.

A previsão de expansão para os próximos quatro anos é maior do que a verificada em 2011, quando o setor cresceu 7%. “O aumento na dificuldade de financiamento ocorrida no período afetou a venda de novos veículos”, afirmou Dias.

Dentro do seguro de automóveis, o executivo vê uma tendência de aumento no número de apólices que tenham a cobertura de responsabilidade civil (que cobre danos involuntários causados a terceiro – indenizações, por exemplo). Nos Estados Unidos, disse Dias, o número de tais contratos é bem maior, e muitas vezes obrigatório.

Outras apostas das seguradoras são os produtos voltados para faixas de renda menores, como aqueles que permitem o uso de peças usadas em casos de sinistro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.