Secretário do Tesouro irá trabalhar com private equity

Timothy Geithner desempenhou um papel importante no combate à crise financeira global

O ex-secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Timothy Geithner, que desempenhou um papel importante no combate à crise financeira global, irá se juntar à firma de private equity Warburg Pincus como presidente e diretor executivo, disse a empresa no sábado.

Geithner, que deixou o cargo de secretário do Tesouro dos EUA em janeiro, irá juntar-se a nova empresa, baseada em Nova York, em março.

Geithner vai trabalhar em estreita colaboração com os principais executivos da Warburg Pincus “na estratégia global e gestão da empresa, na gestão de carteiras e investimento, na estrutura organizacional e de financiamento, e nas relações com investidores”, disse a empresa em um comunicado.

Como parte da equipe econômica do presidente Barack Obama, Geithner recebeu crédito por ter ajudado a acalmar a tempestade financeira que colocou os bancos em risco no início do primeiro mandato de Obama.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.