Rússia e China assinam acordos de US$ 15 bilhões

Um total de 27 contratos foram assinados entre os dois países

Moscou - A Rússia e a China assinaram contratos no valor de US$ 15 bilhões neste sábado e vão trabalhar para fortalecer os laços bilaterais, afirmou hoje o vice-primeiro-ministro chinês, Li Kequiang, em fórum de negócios realizado em Moscou. Um total de 27 contratos foram assinados e os dois países disseram que vão expandir a cooperação no setor financeiro, em investimentos diretos e na fabricação de máquinas e eletrônicos.

A Rússia se tornou a principal parceira comercial da China em 2010 e os países pretendem pelo menos dobrar o comércio, para US$ 100 bilhões até 2015. Atualmente a China responde por 10% do comércio exterior da Rússia, segundo o vice-primeiro-ministro russo, Igor Shuvalov.

Entre os projetos planejados dos dois países estão um fundo de investimento conjunto com tamanho estimado em US$ 4 bilhões e o desenvolvimento de um grande avião de passageiros, de acordo com autoridades chinesas e russas. As informações são da Dow Jones.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.