Rússia: BC corta juros em 50 pontos-base, a 7,50%, e cita recuo da inflação

A instituição prevê que a taxa anual de inflação russa terminará este ano entre 11% e 13%
Com os efeitos da política monetária, a expectativa é de uma queda ao nível de 5% a 7% em 2023 e volta à meta de 4% em 2024. (Ilya Naymushin/Reuters)
Com os efeitos da política monetária, a expectativa é de uma queda ao nível de 5% a 7% em 2023 e volta à meta de 4% em 2024. (Ilya Naymushin/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 16/09/2022 às 12:02.

O Banco da Rússia (BoR) cortou os juros básicos em 50 pontos-base, a 7,50% ao ano, em decisão divulgada nesta sexta-feira, 16. Apesar da prevalência de forças inflacionárias globais, a entidade cita, em comunicado, a desaceleração dos preços aos consumidores no país, em meio ao esfriamento da demanda doméstica.

A instituição prevê que a taxa anual de inflação russa terminará este ano entre 11% e 13%, depois de desacelerar de 15,1% em julho a 14,3% em agosto. Com os efeitos da política monetária, a expectativa é de uma queda ao nível de 5% a 7% em 2023 e volta à meta de 4% em 2024.

O Banco atribui o arrefecimento inflacionário a ajustes nos preços de bens e serviços, após a disparada em março, além das volatilidade do rublo russo. Segundo o BoR, o movimento pode ser impulsionado pela maior propensão das pessoas em poupar, melhora nos problemas de oferta e uma colheita positiva na agricultura este ano.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Por outro lado, o BC russo avalia que as pressões inflacionárias seriam alimentadas por um descontrole das expectativas de inflação, recuperação da demanda e endurecimento das restrições ao comércio impostas pelas sanções ocidentais relativas à guerra na Ucrânia. "O ambiente externo para a economia russa continua desafiador e restringe significativamente a atividade econômica" diz.

Sobre a política fiscal, o Banco da Rússia alertou que se houver uma expansão orçamentária, será obrigado a adotar uma política monetária mais restritiva para conter a inflação.

LEIA TAMBÉM:

Presidente da Comissão Europeia quer que Putin seja levado à Justiça por conflito na Ucrânia

Xi pede ordem internacional em direção mais justa; Putin celebra novos centros de poder