Rússia afirma que acordo sobre petróleo com Arábia Saudita está próximo

Nas últimas semanas, o preço do barril de petróleo despencou devido a um excesso de oferta em meio à crise do coronavírus
Petróleo: é possível que acordo estabeleça cortes na produção mundial de petróleo (Dominique BERBAIN/Getty Images)
Petróleo: é possível que acordo estabeleça cortes na produção mundial de petróleo (Dominique BERBAIN/Getty Images)
R
Reuters

Publicado em 06/04/2020 às 08:38.

Última atualização em 06/04/2020 às 08:39.

A Rússia está pronta para uma coordenação com outros importantes exportadores de petróleo com vistas a ajudar a estabilizar o mercado global da commodity, disse o governo russo nesta segunda-feira.

O chefe do fundo soberano russo, Kirill Dmitriev, disse mais cedo nesta segunda-feira à CNBC que a Arábia Saudita e a Rússia estão "muito, muito perto" de um acordo sobre cortes de produção.

"Moscou está pronta para cooperar e interessada em interagir com países para estabilizar os mercados de energia", disse o porta-voz do governo russo, Dmitry Peskov, em uma coletiva de imprensa diária por telefone com jornalistas.

Peskov também afirmou que conversas entre a Opep e outros importantes produtores, um grupo conhecido como Opep+, foram postergadas para quinta-feira por questões técnicas e que os preparativos estão em andamento para a reunião.

Nas últimas semanas, o preço do barril de petróleo despencou devido a um excesso de oferta, o que colocou em risco a saúde financeira de diversas petroleiras pelo mundo, incluindo a brasileira Petrobras.

É possível que o acordo estabeleça cortes na produção mundial de petróleo, para que o preço da commodity aumente.