Ricardo Barros diz que reforma tributária é prioridade do governo

O relator da proposta na Câmara dos deputados tem participado de uma maratona de reuniões, para tentar azeitar o texto final

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), declarou em nota que a aprovação da reforma tributária é uma das prioridades do governo Bolsonaro e disse que o Executivo aguarda a publicação do relatório do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) para emitir seu parecer oficial.

"A assessoria do Ministério da Economia vem acompanhando os trabalhos realizados pelo relator, encaminhando as informações solicitadas e emitindo opiniões a respeito dos temas em discussão", diz a nota.

"É desejo do presidente uma reforma tributária que simplifique e modernize os impostos sem aumento de carga tributária", afirma ainda.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), está empenhado em tentar aprovar a reforma ainda durante seu mandato, que termina em fevereiro do ano que vem. Na semana passada, ele afirmou ter 320 votos favoráveis para aprovar na Casa, em dois turnos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), com o relatório de Ribeiro.

O relator tem participado de uma maratona de reuniões tentando azeitar o texto final. Na noite de ontem, ele conversou com algumas lideranças da Câmara para tratar de detalhes do texto.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.