Refinanciamento garante R$20,376 bi aos cofres do governo

A cifra considera um universo de 36.024 empresas que aderiram ao Refis até 29 de novembro

Brasília - A arrecadação com programas de refinanciamento de dívidas tributárias, Refis, reforçou o caixa do governo federal em 20,376 bilhões de reais em novembro, informou nesta sexta-feira a Receita Federal.

A cifra considera um universo de 36.024 empresas que aderiram ao Refis até 29 de novembro e superou as expectativas da própria Receita, que era de levantar um montante entre 12 bilhões e 16,4 bilhões de reais.

A recuperação de crédito tributário com o Refis de bancos e seguradoras atingiu 12,060 bilhões de reais, enquanto o obtido com multinacionais atingiu 7,571 bilhões de reais, informou a Receita.

O restante --pouco mais de 600 milhões de reais-- foi arrecadado com o Refis de exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins e de empresas não bancárias nem multinacionais. Para esse último programa de refinanciamento, as companhias ainda têm até 31 de dezembro para adesão.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.