Recessão na Eurozona se agrava no 4º trimestre

Houve uma queda de 0,6% do PIB na comparação com o trimestre anterior

Bruxelas - A recessão na Eurozona se agravou no quarto trimestre de 2012, com uma queda de 0,6% do PIB na comparação com o trimestre anterior, e arrastou a Alemanha, a economia mais rica do bloco, que pela primeira vez no ano registrou uma contração (também de 0,6%), confirmou a agência de estatísticas europeia.

Os dados da Eurozona são muito piores que a expectativa média dos analistas, de uma contração de 0,4%, e agravam a recessão do conjunto dos 17 países deste bloco, que havia sido de 0,1% no período julho-setembro, segundo a Eurostat.

A UE também revisou para baixo a recessão na Espanha no quarto trimestre de 2012 (-0,8% ao invés de -0,7%).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.