Economia

Querosene de aviação vai cair 9,8% em 1º de janeiro, ou menos R$ 0,40/litro, diz Prates

No acumulado dos últimos 13 meses, o preço do combustível já caiu 27,5%, ou menos R$ 1,40 por litro

Jean Paul Prates, presidente da Petrobras (Maria Magdalena Arrellaga/Bloomberg via/Getty Images)

Jean Paul Prates, presidente da Petrobras (Maria Magdalena Arrellaga/Bloomberg via/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 29 de dezembro de 2023 às 12h05.

Última atualização em 29 de dezembro de 2023 às 12h10.

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, antecipou em uma rede social que o preço do querosene de aviação (QAV) vai cair 9,8% no dia 1º de janeiro de 2024, ou menos R$ 0,40 por litro.

Segundo o executivo, no acumulado dos últimos 13 meses (2023 mais janeiro de 2024), o preço do combustível já caiu 27,5%, ou menos R$ 1,40 por litro.

Prates informou ainda que somente nos últimos três meses a Petrobras promoveu três reduções seguidas. Entre novembro de 2023 e janeiro de 2024 a queda foi de 17,1%, ou menos R$ 0,76 por litro. Somente em 2023, o combustível caiu 19,6%, ou R$ 1,00 por litro. O preço do combustível da aviação é reajustado pela estatal todo primeiro dia do mês.

Acompanhe tudo sobre:PetrobrasCombustíveis

Mais de Economia

Qual é a diferença entre bloqueio e contingenciamento de recursos do Orçamento? Entenda

Haddad anuncia corte de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir arcabouço e meta fiscal

Fazenda mantém projeção do PIB de 2024 em 2,5%; expectativa para inflação sobe para 3,9%

Mais na Exame