Produção de veículos no Brasil bate recorde para junho

Volume de 320,8 mil veículos representa queda de 7,8% sobre maio, segundo Anfavea

São Paulo - A indústria brasileira produziu 320,8 mil veículos em junho, volume recorde para o mês, apesar de ser uma queda de 7,8 por cento sobre maio, informou nesta quinta-feira a associação que representa o setor, Anfavea.

O setor encerrou o semestre com produção também recorde de 1,86 milhão de veículos, 18,1 por cento acima do total montado na primeira metade de 2012.

Na comparação com junho do ano passado, o Brasil produziu 15,5 por cento mais veículos em junho deste ano.

O resultado de junho é contrário a expectativa da Anfavea que no mês passado havia informado que esperava crescimento na produção sobre o volume recorde fabricado em maio, de 348,07 mil unidades.

Do volume total de veículos produzidos em junho, 17,192 unidades corresponderam a caminhões, um crescimento de 4,8 por cento sobre maio e salto de 94,3 por cento sobre junho de 2012. No semestre, o segmento registrou alta de 52,5 por cento no volume de caminhões produzidos para 95.268 unidades. A indústria vem afirmando que a atividade no setor de caminhões tem apresentado forte ritmo diante da safra agrícola recorde do Brasil e de crescimento na atividade de construção.

Em vendas, houve alta de 0,8 por cento em junho na comparação com maio, para 318,6 mil veículos novos, encerrando a primeira metade deste ano com volume licenciado de 1,80 milhão de unidades, 4,8 por cento acima das vendas do mesmo período do ano passado.

A expectativa da Anfavea para 2013 é que as vendas cresçam entre 3,5 e 4,5 por cento para cerca de 4 milhões de veículos.

O mês passado seguiu com a tendência de queda na participação dos veículos importados no total licenciado no país que caiu para 19,2 por cento. Em junho do ano passado, a participação era de 20,2 por cento.

Já as exportações caíram 3,2 por cento em junho para 1,146 bilhão de dólares. Porém sobre junho de 2012, houve crescimento de 13,2 por cento. No semestre, as vendas externas de veículos no país somaram 6,2 bilhões de dólares, 7,9 por cento acima do registrado no mesmo período do ano passado.

Incluindo máquinas agrícolas, o volume exportado em junho foi de 1,44 bilhão de dólares, também recuo de 3,2 por cento na comparação mensal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.