Processo de adesão à OCDE pode demorar, diz Guedes

De acordo com o ministro da Economia, o processo de entrada na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é longo e "pode ter algum tempo pela frente"
Guedes: processo de adesão à OCDE é longo, afirma ministro da Economia (Adriano Machado/Reuters)
Guedes: processo de adesão à OCDE é longo, afirma ministro da Economia (Adriano Machado/Reuters)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 21/06/2022 15:23 | Última atualização em 21/06/2022 15:23Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça, 21, que o Brasil está atrasado no processo de adesão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). A declaração foi feita no evento de abertura do evento Semana Brasil-OCDE.

Segundo Guedes, interessa ao Brasil receber o que considera a influência positiva da OCDE para a melhora do ambiente econômico. Apesar disso, ele admitiu que o processo que acessão ao organismo internacional é longo e pode ter algum tempo pela frente.

"O processo de acessão à OCDE é longo e pode ter algum tempo pela frente. O Brasil está atrasado, nos interessa receber influência favorável da OCDE. E é importante para a OCDE que Brasil entre, é a maior potência verde do planeta", disse.

Em 10 de junho, como mostrou o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o Conselho da OCDE aprovou o roadmap (roteiro) do Brasil para iniciar formalmente o processo de entrada do País na entidade que tem sede em Paris. A decisão foi em nível ministerial e apenas pode ir adiante quando é determinada por consenso.

(Estadão Conteúdo)

LEIA TAMBÉM:

OCDE corta previsão do PIB global e dobra expectativa de inflação em 2022, com guerra na Ucrânia

BID assina acordo para apoiar entrada do Brasil na OCDE