Previdência militar foi realização mais importante do ano, diz ministro

Fernando Azevedo e Silva afirmou que Bolsonaro terá "gratidão" dos militares e das suas famílias quando sancionar projeto

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, afirmou nesta segunda-feira que o projeto que reforma a Previdência dos militares e muda aspectos das carreiras das Forças Armadas, aprovado na semana passada pelo Congresso,  foi a “mais importante realização do ano de 2019” porque corrigiu “antigas distorções” e valorizou a meritocracia.

“O projeto lei da proteção social dos militares e a reestruturação da carreira militar, conduzido por iniciativa do presidente da República, foi aprovado na semana passada pelo Congresso Nacional e representou, possivelmente, a mais importante realização do ano de 2019, corrigindo anos de antigas distorções, valorizando a meritocracia, a experiência e retenção de talentos, requisitos fundamentais para permitir que o Brasil tenha Forças Armadas modernas e compatíveis com a estatura geopolítica do país”, diz Azevedo, durante almoço de oficiais-generais.

Azevedo afirmou ao presidente Jair Bolsonaro, presente no evento, que ele terá a “gratidão dos militares de todas as suas famílias” quando sancionar o projeto. O ministro também afirmou que a Câmara e o Senado merecem “respeito e reconhecimento” pelo “significativo apoio” que deram à proposta.

Depois, em seu discurso, Bolsonaro confirmou que sancionará o projeto nos próximos dias e que “os tempos mudaram” para os militares.

“Os tempos mudaram. Nós sancionaremos, daqui a alguns dias, o projeto de proteção social dos militares. E os tempos mudaram porque nós temos hoje em dia, mais do que um presidente, um governo que valoriza a bandeira, respeita o seu povo, ao qual nós devemos lealdade, um governo que adora a Deus e reconhece o valor dos seus militares”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.