Economia

Prévia do PIB: IBC-Br fica estável e fecha abril com variação de 0,01%, abaixo da expectativa

O dado foi divulgado nesta sexta-feira, 14, pelo Banco Central. A expectativa do mercado era de alta de 0,45%

Economia Brasileira; PIB do Brasil; Moeda (Getty Images/Getty Images)

Economia Brasileira; PIB do Brasil; Moeda (Getty Images/Getty Images)

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 14 de junho de 2024 às 09h16.

Última atualização em 14 de junho de 2024 às 09h25.

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado a prévia do PIB do Brasil, registrou alta de 0,01% em abril na comparação com março. O dado foi divulgado nesta sexta-feira, 14, pelo Banco Central. A expectativa do mercado era de alta de 0,45%.

Na comparação com abril de 2023, o IBC-Br teve alta de 4,01%, enquanto no acumulado em 12 meses passou a um ganho de 1,63%. No consolidado do trimestre encerrado em abril, o indicador encerrou com expansão de 0,76%.

O índice de atividade calculado pelo BC passou de 148,36 pontos em março para 148,38 pontos em abril na série dessazonalizada.

O que é o IBC-Br?

Conhecido como uma espécie de "prévia do BC" para o PIB, o IBC-Br serve mais precisamente como parâmetro para avaliar o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses.

Publicado desde março de 2010, o IBC-Br tem o objetivo, segundo o BC, de mensurar a evolução da atividade econômica do país e “contribuir para a elaboração de estratégia de política monetária”. Na prática, o índice serve como parâmetro os membros do Comitê de Política Monetária (Copom) para avaliarem o ritmo da economia brasileira ao longo dos meses e como a Selic afeta a dinâmica de crescimento.

O próprio BC afirma que por se tratar de indicador de atividade, a taxa de crescimento do IBC-Br é frequentemente comparada à do PIB. Embora a comparação seja natural, a autoridade monetária afirma que há diferenças conceituais, metodológicas e mesmo de frequência de apuração dos dois.

Acompanhe tudo sobre:IBC-Breconomia-brasileira

Mais de Economia

Governo sobe previsão de déficit de 2024 para R$ 28,8 bi, com gastos de INSS e BPC acima do previsto

Lula afirma ter interesse em conversar com China sobre projeto Novas Rotas da Seda

Lula diz que ainda vai decidir nome de sucessor de Campos Neto para o BC

Banco Central aprimora regras de segurança do Pix; veja o que muda

Mais na Exame