Pretendo permanecer até fim do mandato, diz presidente do Fed

O presidente Donald Trump deve decidir até dezembro se renovará o mandato de Janet Yellen ou nomeará um novo presidente para a instituição
Yellen: a presidente do Fed disse que a economia está indo bem, "no caminho da recuperação" (Aaron P. Bernstein/Reuters)
Yellen: a presidente do Fed disse que a economia está indo bem, "no caminho da recuperação" (Aaron P. Bernstein/Reuters)
F
Francine De Lorenzo e Gabriela Korman, do Estadão ConteúdoPublicado em 20/09/2017 às 17:07.

São Paulo - A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), afirmou em coletiva de imprensa após a decisão do BC, que pretende permanecer no cargo até o fim de seu mandato e que não teve novas reuniões com o presidente americano, Donald Trump, que deve decidir até dezembro se renovará o mandato de Yellen ou nomeará um novo presidente para a instituição.

Yellen também comentou sobre os movimentos de preços dos ativos, alertando que eles podem afetar as decisões de política monetária.

A presidente do BC declarou que os dirigentes não estão "travados" em termos de política monetária e que, se for necessário, poderão fazer ajustes. Sobre a regulação bancária, Yellen disse que o BC deve buscar meios de torná-la "menos complexa".

No entanto, Yellen disse que a economia está indo bem, "no caminho da recuperação, mas pode haver choques. No então, disse ela, "tem que haver um choque muito forte para retomarmos os reinvestimentos".

Questionada novamente sobre a fraqueza da inflação, a presidente do Fed afirmou que "não são claras" as razões pelas quais a inflação está baixa, mas reiterou que os fatores que mantêm esse movimento são transitórios.