França diz que negociações sobre Grécia devem continuar

Atenas e seus credores internacionais devem chegar a um acordo para evitar um "default" da dívida e manter a Grécia na zona do euro

ROMA - Atenas e seus credores internacionais devem chegar a um acordo para evitar um "default" da dívida e manter a Grécia na zona do euro, disse o presidente francês, François Hollande, neste domingo.

"Não há tempo a perder. Cada dia conta. Conversas e negociações devem continuar para que seja alcançado um acordo", afirmou Hollande, em uma conferência de imprensa conjunta com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, em Milão.

Renzi disse: "Estamos todos convencidos da necessidade de oferecer uma solução que permita que a Grécia continue a fazer parte da zona euro".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.