Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Preço do etanol sobe em 17 Estados e se estabiliza em 4 na última semana, diz ANP

Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 1,06% na semana em relação à anterior

Modo escuro

Combustíveis: Senado aprovou texto que busca reduzir preços na bomba (Rodrigo Capote/Getty Images)

Combustíveis: Senado aprovou texto que busca reduzir preços na bomba (Rodrigo Capote/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 6 de fevereiro de 2023, 09h02.

Os preços médios do etanol hidratado subiram em 17 Estados na semana encerrada no sábado (4). Já em outros 5 Estados e no Distrito Federal os preços caíram. Em outros quatro Estados os preços ficaram inalterados. O levantamento é da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Nos postos pesquisados pela ANP em todo o País, o preço médio do etanol subiu 1,06% na semana em relação à anterior, de R$ 3,78 para R$ 3,82 o litro.

Em São Paulo, principal Estado produtor, consumidor e com mais postos avaliados, a cotação média subiu 1,08% na semana, de R$ 3 69 para R$ 3,73. O Distrito Federal registrou a maior queda porcentual de preços na semana, de 2,06%, de R$ 3,89 para R$ 3 81. Mato Grosso foi o Estado com o maior avanço de preços na semana, de 5,97%, de R$ 3,35 para R$ 3,55 o litro.

O preço mínimo registrado na semana para o etanol em um posto foi de R$ 3,15 o litro, em São Paulo, e o maior preço estadual, de R$ 6,37, foi registrado no Rio Grande do Sul. Já o menor preço médio estadual, de R$ 3,55, foi observado em Mato Grosso, enquanto o maior preço médio foi registrado no Amapá, com R$ 5 24 o litro.

Na comparação mensal, o preço médio do biocombustível no País caiu 1,29%. O Estado com maior alta porcentual no período foi Bahia, com 12,38% de aumento no período, de R$ 4,04 para R$ 4,54 o litro. A maior baixa porcentual ocorreu no Distrito Federal (-7,52%), de R$ 4,12 para R$ 3,81.

Competitividade

O etanol está mais competitivo que a gasolina em Mato Grosso, onde o valor do biocombustível equivale a 69,47% do fóssil. Na média dos postos pesquisados no País, o etanol está com paridade de 74,61% ante a gasolina, portanto desfavorável em comparação com o derivado do petróleo. Executivos do setor observam que o etanol pode ser competitivo mesmo com paridade maior do que 70%, a depender do veículo em que o biocombustível é utilizado.

Últimas Notícias

ver mais
Governo deve antecipar reoneração do diesel para bancar desconto em carro popular
Economia

Governo deve antecipar reoneração do diesel para bancar desconto em carro popular

Há 6 horas
Repasse de R$ 27 bilhões da União para os Estados é homologado pelo STF
Economia

Repasse de R$ 27 bilhões da União para os Estados é homologado pelo STF

Há 14 horas
Descontos para carro popular vão durar só quatro meses; entenda
Economia

Descontos para carro popular vão durar só quatro meses; entenda

Há 16 horas
Sem conter gasto público, arcabouço fiscal pode depender do aumento de impostos, alerta Zeina Latif
Economia

Sem conter gasto público, arcabouço fiscal pode depender do aumento de impostos, alerta Zeina Latif

Há 19 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais