Preço da energia de curto prazo cai para R$40,1 em todas regiões

O valor representa uma queda de mais de 80 por cento frente à semana anterior, quando os preços estavam na casa dos 230 reais por megawatt-hora

São Paulo - O preço spot da eletricidade, ou Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), utilizado no mercado de energia de curto prazo, foi fixado para a próxima semana em 40,16 reais por megawatt-hora para todas regiões do país, informou nesta quinta-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

O valor representa uma queda de mais de 80 por cento frente à semana anterior, quando os preços estavam na casa dos 230 reais por megawatt-hora, à exceção da região Norte, onde o PLD já estava em 40,16 reais anteriormente. O valor é o mínimo permitido pela regulação.

A redução nos preços, segundo a CCEE, deve-se à boa previsão de chuvas na região das hidrelétricas em abril.

Esse cenário favorável irá inclusive beneficiar os consumidores, com a manutenção da chamada bandeira tarifária verde nas contas de luz em abril, o que significa que não haverá cobranças adicionais, segundo informou nesta quinta-feira a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Mais cedo, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apontou que as hidrelétricas do Sudeste devem receber no próximo mês chuvas em 94 por cento da média histórica. No Sul, a expectativa é de precipitações em 152 por cento da média e, no Norte, em 95 por cento.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.