Powell espera alta de preços este ano, mas não inflação

"Achamos que haverá pressão de alta sobre os preços que pode ser repassada aos consumidores na forma de aumentos", disse Powell em evento do FMI

O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, afirmou nesta quinta-feira que o aumento nos gastos conforme a economia dos Estados Unidos reabre, junto com gargalos de oferta, deve elevar os preços este ano, mas não resultará no tipo de aumentos ano após ano que constituiria inflação.

"Achamos que haverá pressão de alta sobre os preços que pode ser repassada aos consumidores na forma de aumentos --achamos que isso será temporário", disse Powell em evento do Fundo Monetário Internacional, destacando que a inflação está baixa há 25 anos, o que alimenta uma psicologia de expectativas baixas de inflação.

"Se a inflação for, contra as nossas expectativas, de forma inesperada acima dos níveis em que estamos confortáveis - e em particular as expectativas de inflação...se as virmos se movendo de forma persistente e material acima dos níveis com os quais estamos confortáveis, então vamos reagir a isso."

Powell diz que não está focado em possível 2º mandato como chair do Fed

O chair do Federal Reserve, Jerome Powell, desviou nesta quinta-feira de uma pergunta sobre se deverá cumprir um segundo mandato no comando do banco central dos Estados Unidos, quando deve enfrentar o desafio de desfazer parte da política monetária extraordinariamente frouxa.

"Tenho outro enorme desafio no qual estou focado, que é fazer meu trabalho todo dia o melhor que posso para servir a todo o povo norte-americano", disse Powell, cujo mandato de quatro anos como chair acaba no início do ano que vem.

"Não passo nenhum tempo pensando nisso. Passo muito tempo pensando em como fazer o melhor trabalho que podemos e é o suficiente para pensar."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.