PIB paulista fica estável em novembro, diz Seade

Mesmo com a expansão de 4,9% da agropecuária, o comportamento negativo de serviços (0,5%) e indústria (1,0%) contribuiu para esse desempenho

São Paulo - O Produto Interno Bruto (PIB) do estado de São Paulo não teve crescimento em relação ao mês de outubro, na série livre de efeitos sazonais, informou nesta quinta-feira, 23, a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade).

Mesmo com a expansão de 4,9% da agropecuária, o comportamento negativo de serviços (0,5%) e indústria (1,0%) contribuiu para esse desempenho.

Apesar da estagnação do PIB, o desempenho paulista superou a média nacional, que apresentou queda de 0,3% no período.

Na comparação de novembro de 2013 com novembro do ano anterior, a economia paulista teve uma alta de 0,8%.

Já no acumulado dos últimos 12 meses, o PIB de São Paulo apresentou incremento de 1,6%. O PIB paulista representa cerca de um terço do nacional e foi estimado em R$ 1,41 trilhão em 2012.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.