Partidos no Reino Unido seguem divididos em relação ao Brexit

Os partidos temem os impactos em meio aos alertas de britânicos e empresas europeias sobre os danos que a saída do Reino Unido da UE

Londres - O porta-voz do Brexit para o principal partido de oposição do Reino Unido admitiu nesta quarta-feira que seus colegas estão divididos em meio aos alertas de britânicos e empresas europeias cada vez mais urgentes sobre os danos que a saída do Reino Unido da União Europeia (UE) poderia causar.

Keir Starmer, do Partido Trabalhista, disse que "há visões muito divididas" entre Legisladores trabalhistas sobre se o Reino Unido deve tentar permanecer no mercado único da UE após o Brexit (saída do Reino Unido da UE).

Alguns legisladores trabalhistas querem que o Reino Unido permaneça no mercado único para minimizar os prejuízos da economia do Reino Unido após o Brexit.

O bloco está frustrado com o que vê como falta de propostas firmes do Reino Unido sobre as relações futuras, e o tempo está acabando. O Reino Unido deve sair da UE em 29 de março de 2019.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.