OCDE adota formalmente documento que trilha processo de entrada do Brasil

O aval foi confirmado durante reunião ministerial
 (Antoine Antoniol/Bloomberg)
(Antoine Antoniol/Bloomberg)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 10/06/2022 às 12:33.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) adotou formalmente o documento que trilha os procedimentos para a entrada do Brasil no grupo. O aval foi confirmado durante reunião ministerial, de acordo com comunicado divulgado nesta sexta-feira, 10, após o encontro.

Além do País, Bulgária, Croácia, Peru e Romênia também avançaram no pleito por adesão à entidade.

Uma das notáveis ausência na lista é a Argentina, embora as discussões oficiais para a acessão de Buenos Aires tenham sido iniciadas ao mesmo tempo que as de Brasília, em janeiro.

A aprovação do chamado "Accession Roadmap" (Roteiro de Acessão, em tradução livre) é uma das etapas obrigatórias para que um novo membro ingresse na OCDE.

O relatório apresenta uma série de termos, condições e processos para que a admissão seja efetiva.

A partir dele, a organização estabelece comitês que farão uma avaliação técnica dos países, para entregá-las ao Conselho.

VEJA TAMBÉM: Renda do brasileiro tem queda recorde em 2021 e atinge menor valor em 10 anos