Economia

Novo Mínimo Existencial: Lula assina decreto que amplia valor; veja quanto

Presidente assina medida que protege consumidores ao repactuar dívidas, garantindo ampliação do valor mínimo para subsistência

Lula amplia valor do "Mínimo Existencial" para R$ 600 e beneficia superendividados (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Lula amplia valor do "Mínimo Existencial" para R$ 600 e beneficia superendividados (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 19 de junho de 2023 às 21h29.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou, nesta segunda-feira, 19, a ampliação do valor do chamado "Mínimo Existencial" para R$ 600, voltado para que as pessoas superendividadas possam repactuar suas dívidas. A medida será publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 20.

"Assinei hoje a ampliação do valor do Mínimo Existencial para R$ 600, uma medida que aumenta a fatia da renda que não pode ser cobrada no crédito consignado ou bloqueada pelas instituições financeiras em caso de superendividamento", anunciou Lula, em publicação no Twitter. "Essa iniciativa faz parte de uma série de esforços do nosso governo para garantirmos crédito e condições de consumo para o povo brasileiro, contribuindo para o aquecimento da economia."

Valor novo é quase o dobro do antigo

A elevação de R$ 303 (valor antigo) para R$ 600 (valor anunciado) do Mínimo Existencial (valor considerado necessário para sobrevivência e que fica protegido dos bancos) já havia sido sinalizada pelo governo. Ao negociar dívidas de consumo, deve ser garantido que o cidadão terá ao menos R$ 600 (e não mais R$ 303) preservados para a subsistência.

De acordo com o Palácio do Planalto, o novo anúncio permite que cerca de 15 milhões de pessoas possam repactuar dívidas, ao trazer um grau superior de proteção ao consumidor contra eventual superendividamento.

O decreto é mais uma das ações do governo para equacionar o endividamento. No último dia 5, Lula assinou a Medida Provisória (MP) que institui o programa Desenrola.

Acompanhe tudo sobre:Luiz Inácio Lula da SilvaSalário mínimoDívidas

Mais de Economia

STF prorroga até setembro prazo de suspensão da desoneração da folha

FGTS tem lucro de R$ 23,4 bi em 2023, maior valor da história

Haddad diz que ainda não apresentou proposta de bloqueio de gastos a Lula

FMI confirma sua previsão de crescimento mundial para 2024 a 3,2%

Mais na Exame