Notícias de vacinas provocam entrada de dinheiro em mercados emergentes

Economistas do IIF escreveram que notícias positivas sobre vacinas para a Covid-19 proporcionaram "um poderoso impulso à demanda global"

Os mercados emergentes superaram uma fase de saída de capitais, e as fortes entradas recentes devem continuar até o final do ano, disse o Instituto de Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) nesta quinta-feira.

Economistas do IIF escreveram que notícias positivas sobre vacinas para a covid-19 proporcionaram "um poderoso impulso à demanda global" que atraiu investidores para os ativos de economias emergentes.

"Estamos registrando o ritmo mais forte de fluxos de não residentes para os mercados emergentes em muitos anos", disse o relatório.

Os fluxos para os mercados emergentes fora da China estão em seu ritmo mais forte desde o segundo trimestre de 2014, disse o IIF.

"O êxodo de capital dos mercados emergentes agora está firmemente para trás, e os fluxos robustos parecem destinados a continuar", escreveram Robin Brooks, economista-chefe, e Jonathan Fortun, economista do IIF.

Se dezembro mantiver o ritmo visto desde outubro, o quarto trimestre poderá marcar o maior nível de emissão líquida de dívida emergente de todos os tempos, de acordo com dados do IIF.

"Colocar este quadro de emissão junto com nosso rastreamento de alta frequência dos fluxos mostra um quadro de forte recuperação, com os fluxos retornando ao seu nível mais forte desde o primeiro trimestre de 2012", disse o IIF.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.