No Brasil, tributação agrava desigualdade de renda

5% dos mais ricos ganham o mesmo que 95% da população

Os 10% mais ricos da população brasileira ganham 38 vezes mais do que os 10% mais pobres, que ganham, em média, 117 reais por mês. E quando se fala dos bilionários, o dado é ainda mais alarmante: as seis pessoas mais ricas do país concentram a mesma renda que a metade da população brasileira, ou seja, 100 milhões de pessoas, cujo rendimento médio fica em torno de 650 reais.

Os dados são da ONG Oxfam, dedicada aos estudos sobre desigualdade, que publicou esta semana o relatório “A distância que nos une”. Um dos pontos-chaves para a desigualdade no país ainda é tributação, que é muito mais pesada sobre a classe média. Enquanto as famílias que recebem cerca de 40 salários mínimos por ano contribuem com 11% dessa renda em tributos, os que recebem mais de 320 salários pagam apenas 2%. Veja, abaixo, mais detalhes sobre a desigualdade de renda no Brasil.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.