A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Mourão diz que “por enquanto" não é a favor de privatização dos Correios

Quando ainda candidato à Presidência, Bolsonaro afirmou que os Correios tinham grande chance de serem privatizados caso fosse eleito

Brasília - O presidente em exercício, Hamilton Mourão, afirmou nesta quinta-feira que “por enquanto” não é a favor da privatização dos Correios.

O vice-presidente, que exerce a Presidência por conta da viagem do presidente Jair Bolsonaro a Davos por ocasião do Fórum Econômico Mundial, participou de evento de comemoração dos 356 anos dos Correios e homenagem ao Dia do Carteiro.

Questionado se posicionava-se a favor da privatização da empresa, Mourão respondeu que "por enquanto, não".

Quando ainda candidato à Presidência, Bolsonaro afirmou que os Correios tinham grande chance de serem privatizados caso fosse eleito.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também