México denunciará EUA na OMC por tarifas sobre aço e alumínio

País latino afirma que tarifas violam o Acordo sobre Salvaguardas da entidade e o Acordo Geral sobre Tarifas Aduaneiras e Comércio de 1994

O México disse nesta segunda-feira que denunciará os Estados Unidos na Organização Mundial de Comércio (OMC) pelas novas tarifas impostas pelo governo Trump à importação de aço e alumínio.

O México "iniciará um processo de solução de controvérsias ao amparo da Organização Mundial de Comércio", disse a secretaria de Economia em um comunicado.

As ações "continuarão seguindo o estado de direito comercial internacional e serão proporcionais ao dano que o México lamentavelmente vai sofrer", acrescentou.

O México afirma que essas tarifas "violam o Acordo sobre Salvaguardas da OMC, por não terem sido adotadas conforme os procedimentos previstos, além de violarem o Acordo Geral sobre Tarifas Aduaneiras e Comércio de 1994", acrescentou o comunicado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.