Líderes do G20 começam a chegar na Austrália para cúpula

Vários líderes dos países do G20 e de organizações internacionais começam a chegar à cidade australiana de Brisbane

Brisbane - Vários líderes dos países do G20 e de organizações internacionais começam a chegar nesta quinta-feira à cidade de Brisbane, na Austrália, para a cúpula internacional que acontecerá no fim de semana.

Pela manhã, estão previstas as chegadas de Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), e de alguns chefes das delegações do G20, entre elas a do Brasil, liderada pela presidente Dilma Rousseff, segundo a agência local "AAP".

Também está prevista a chegada da delegação argentina, liderada pelo ministro da Economia, Axel Kicillof, já que Cristina Kirchner não viajou para a Austrália por conta de um problema de saúde, além das de Arábia Saudita e Turquia.

A maior parte dos líderes, entre eles o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegará no sábado, o mesmo dia em que começa a cúpula de dois dias.

O primeiro a chegar ao G20 foi o presidente sul-africano, Jacob Zuma, que aterrissou ontem em Brisbane, cidade na qual foram estabelecidas fortes medidas de segurança, com mais de 6 mil policiais de Austrália e Nova Zelândia.

A imprensa australiana informou nesta semana sobre a presença de navios russos ao norte da Austrália, o que foi confirmado ontem pelo Ministério da Defesa em comunicado, no qual garantiu que está "monitorando" o movimento dessas embarcações.

Também esclareceu que a presença dos barcos russos é "completamente consistente com o direito internacional das embarcações militares de exercer seu direito de navegar em águas internacionais".

Os membros do G20 são a União Europeia, o G7 (Estados Unidos, Canadá, Japão, Alemanha, Reino Unido, Itália e França), Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, China, Coreia do Sul, Índia, Indonésia, México, Rússia, África do Sul e Turquia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.