Japão piora avaliação sobre exportações e alerta para riscos

Exportações estão enfraquecendo devido à demanda fraca das economias emergentes

Tóquio - O Japão piorou sua avaliação sobre as exportações pelo terceiro mês seguido ao afirmar que elas estão enfraquecendo devido à demanda fraca das economias emergentes, em contraste direto com a perspectiva mais otimista do banco central sobre a recuperação no país.

Ainda assim, o governo manteve sua avaliação geral sobre a economia, a qual vê no caminho de uma recuperação modesta, sustentada pelo consumo privado firme e pela retomada nos gastos de capital em meio à melhora dos lucros corporativos.

As exportações fracas são uma fonte de preocupação para autoridades uma vez que há dificuldades para que o volume de embarques cresça neste ano em meio à desaceleração nas economias emergentes, afetadas por saídas de capital à medida que fundos se posicionam para uma eventual redução do estímulo dos Estados Unidos.

"As exportações têm um tom fraco recentemente", disse o Escritório do Gabinete em seu relatório mensal divulgado nesta sexta-feira. A avaliação no relatório de novembro foi mais fraca do que a anterior, de que as exportações estavam quase estáveis.

"A expectativa é de que as exportações avancem na direção da recuperação... entretanto, a desaceleração das economias externas continua sendo um risco para a economia japonesa." Essa foi a primeira vez desde 2002 que o governo piorou sua avaliação sobre as exportações por três meses seguidos.

A avaliação foi feita um dia depois de o banco central japonês decidir manter sua avaliação de que a economia está se recuperando de forma moderada, com o presidente do BC, Haruhiko Kuroda, afirmando que os EUA e a zona do euro estão ganhando força.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também