• AALR3 R$ 19,60 -1.01
  • AAPL34 R$ 74,36 1.72
  • ABCB4 R$ 16,43 1.36
  • ABEV3 R$ 14,53 0.35
  • AERI3 R$ 3,81 -1.04
  • AESB3 R$ 10,67 -1.11
  • AGRO3 R$ 32,37 2.76
  • ALPA4 R$ 21,90 -0.82
  • ALSO3 R$ 19,62 0.26
  • ALUP11 R$ 26,19 0.42
  • AMAR3 R$ 2,23 3.24
  • AMBP3 R$ 29,72 4.54
  • AMER3 R$ 23,04 1.63
  • AMZO34 R$ 72,52 3.90
  • ANIM3 R$ 5,38 7.60
  • ARZZ3 R$ 82,03 2.08
  • ASAI3 R$ 15,52 1.84
  • AZUL4 R$ 20,75 11.02
  • B3SA3 R$ 11,44 -3.87
  • BBAS3 R$ 35,10 -0.17
Abra sua conta no BTG

IPC-S desacelera alta a 0,12% em abril com recuo na habitação

Na comparação com a terceira quadrissemana do mês, o indicador também mostrou desaceleração dos preços ante a alta de 0,31 por cento registrada antes
IPC-S: principal contribuição para o resultado de abril partiu do grupo Habitação, que acelerou a queda a 0,69 por cento (Thinkstock/Thinkstock)
IPC-S: principal contribuição para o resultado de abril partiu do grupo Habitação, que acelerou a queda a 0,69 por cento (Thinkstock/Thinkstock)
Por ReutersPublicado em 02/05/2017 08:36 | Última atualização em 02/05/2017 08:36Tempo de Leitura: 1 min de leitura

São Paulo - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,12 por cento em abril, depois de ter fechado março com avanço de 0,47 por cento, diante da queda nos preços de habitação, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

Na comparação com a terceira quadrissemana do mês, o indicador também mostrou desaceleração dos preços ante a alta de 0,31 por cento registrada antes.

Nessa comparação, a principal contribuição para o resultado partiu do grupo Habitação, que acelerou a queda a 0,69 por cento, ante recuo de 0,09 por cento na terceira quadrissemana. Em março, os preços de Habitação haviam subido 1,10 por cento.

O destaque ficou com o item tarifa de eletricidade residencial, cujos preços passaram a apresentar queda de 6,22 por cento após recuo de 2,67 por cento na terceira quadrissemana. Também recuaram os grupos Alimentação, Educação, Leitura e Recreação e Despesas Diversas.