IPC-Fipe tem alta de 0,99% na 3ª quadrissemana de novembro

Em alimentação, a alta nos preços se intensificou de 1,70% na segunda quadrissemana do mês para 2,01% na terceira prévia de novembro

São Paulo - O índice de preços ao consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,99% na terceira quadrissemana de novembro, acelerando-se em relação à leitura da segunda quadrissemana do mês, quando o IPC avançou 0,94%, segundo dados divulgados hoje pela Fipe.

Na terceira medição de novembro, os custos de três grupos de produtos subiram com mais força do que na prévia anterior.

Em alimentação, a alta nos preços se intensificou de 1,70% na segunda quadrissemana do mês para 2,01% na terceira prévia de novembro. Em saúde, o aumento foi de 0,85% para 0,91%. E em educação, de 0,25% para 0,26%.

Por outro lado, houve desaceleração nos preços de habitação, de +0,44% para +0,43%, de transportes, de +1,37% para +1,21%, de despesas pessoais, de +0,67% para +0,65%, e de vestuário, de +0,55% para +0,52%.

Veja como ficaram os itens que compõem o IPC na terceira quadrissemana de novembro:

Habitação: 0,43%

Alimentação: 2,01%

Transportes: 1,21%

Despesas Pessoais: 0,65%

Saúde: 0,91%

Vestuário: 0,52%

Educação: 0,26%

Índice Geral: 0,99%

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.