Investimento da China em 4G pode alcançar US$16 bi em 2014

Número de usuários pode alcançar 30 milhões em mais de 300 cidades

Pequim - O investimento na rede de telefonia móvel 4G da China pode chegar a 100 bilhões de iuanes (16,5 bilhões de dólares) no ano que vem, com o número de usuários alcançando 30 milhões em mais de 300 cidades, relatou a agência de notícias oficial Xinhua, atribuindo a fala ao ministro da Indústria e Tecnologia da Informação nesta sexta-feira.

Miao Wei fez os comentários na conferência anual de trabalho do ministério, segundo a Xinhua, e o ministro disse que o investimento em 4G corresponderá a quase um terço do investimento total da China em comunicação móvel em 2014.

O ministério outorgou licenças no começo deste mês para o padrão TD-LTE 4G às três maiores operadoras de telecomunicações do país - a China Mobile, a China Unicom Hong Kong e a China Telecom.

A licença ajudou a China Mobile, operadora da maior rede de telefonia móvel do mundo com cerca de 760 milhões de usuários, a acertar um acordo com a Apple para vender iPhones.

Na semana passada, a fabricante chinesa de equipamentos de telecomunicações Huawei disse estimar que a receita de seu negócio de rede móvel 4G dobre para 4 bilhões de dólares em 2014 em comparação a este ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.