Economia

INSS é principal fonte de renda para 76% na fase de aposentadoria

48% dos entrevistados disseram que serão totalmente dependentes da aposentadoria oficial e 28% disseram que serão muito dependentes do sistema público

INSS: somente 3% informaram que não dependeriam da aposentadoria do governo (./Agência Brasil)

INSS: somente 3% informaram que não dependeriam da aposentadoria do governo (./Agência Brasil)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 12 de junho de 2018 às 15h29.

São Paulo - A pesquisa feita pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi) em parceria com o Instituto Ipsos revelou que para 76% dos brasileiros o INSS é a principal fonte de renda na fase de aposentadoria e que 43% dos entrevistados pretendem continuar trabalhando depois e aposentados para garantir o sustento. Gastos com remédios e plano de saúde são as principais preocupações para o futuro.

Dentre os entrevistados, 48% disseram que serão totalmente dependentes da aposentadoria oficial e 28% informaram que serão muito dependentes do sistema público.

Apenas 18% dos ouvidos consideram que dependeriam pouco do INSS e somente 3% informaram que não dependeriam da aposentadoria do governo.

Outros 3% não responderam ou não souberam informar.

Acompanhe tudo sobre:AposentadoriaAposentadoria pelo INSSINSSPrevidência Social

Mais de Economia

Brasil exporta 31 mil toneladas de biscoitos no 1º semestre de 2024

Corte anunciado por Haddad é suficiente para cumprir meta fiscal? Economistas avaliam

Qual é a diferença entre bloqueio e contingenciamento de recursos do Orçamento? Entenda

Haddad anuncia corte de R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 para cumprir arcabouço e meta fiscal

Mais na Exame