• AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
  • AALR3 R$ 20,29 0.74
  • AAPL34 R$ 67,40 -2.05
  • ABCB4 R$ 16,73 -0.18
  • ABEV3 R$ 14,19 0.78
  • AERI3 R$ 3,63 -6.20
  • AESB3 R$ 10,65 -2.92
  • AGRO3 R$ 31,09 0.61
  • ALPA4 R$ 20,82 0.29
  • ALSO3 R$ 19,15 -1.64
  • ALUP11 R$ 27,31 0.52
  • AMAR3 R$ 2,40 -2.83
  • AMBP3 R$ 30,55 -1.99
  • AMER3 R$ 22,85 -5.07
  • AMZO34 R$ 63,86 -2.50
  • ANIM3 R$ 5,36 -3.42
  • ARZZ3 R$ 79,90 0.49
  • ASAI3 R$ 15,91 0.25
  • AZUL4 R$ 20,78 -5.37
  • B3SA3 R$ 12,02 -0.66
  • BBAS3 R$ 37,75 -0.57
Abra sua conta no BTG

Inflação na zona do euro é confirmada em máxima recorde em novembro

A Eurostat disse que a inflação nos 19 países que compartilham o euro subiu para 4,9%, um aumento anual em linha com uma estimativa anterior
Zona do Euro: a energia mais cara adicionou 2,57 pontos percentuais à inflação (Reuters/Eric Gaillard)
Zona do Euro: a energia mais cara adicionou 2,57 pontos percentuais à inflação (Reuters/Eric Gaillard)
Por ReutersPublicado em 17/12/2021 11:17 | Última atualização em 18/12/2021 11:27Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A inflação na zona do euro bateu em novembro sua taxa mais alta já registrada, confirmou o escritório de estatísticas da União Europeia (UE), Eurostat, nesta sexta-feira, com mais da metade do aumento devido à alta nos preços da energia.

A Eurostat disse que a inflação nos 19 países que compartilham o euro subiu para 4,9%, um aumento anual em linha com uma estimativa anterior da Eurostat. Mês a mês, a alta foi revisada para baixo, para 0,4%, de taxa de 0,5% divulgada anteriormente.

Na comparação anual, a energia mais cara adicionou 2,57 pontos percentuais à inflação; os serviços, 1,16 ponto; bens industriais não energéticos, 0,64 ponto; e alimentos, álcool e tabaco, 0,49 ponto, informou a Eurostat.

Sem os voláteis preços de energia e alimentos não processados, uma medida que o BCE chama de núcleo da inflação, os preços subiram 0,1% no mês, para um ganho anual de 2,6%.

Uma medida ainda mais restrita, observada por muitos economistas e que também exclui álcool e tabaco, mostrou preços inalterados no mês e também com alta de 2,6% em relação a um ano antes.

  • Juros, dólar, inflação, BC, Selic. Entenda todos os termos da economia e como eles afetam o seu bolso. Assine a EXAME