Índice de Commodities cai 2,97% em fevereiro

O segmento de commodities agropecuárias (carne de boi e de porco, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café e arroz) registrou a maior queda (3,83%) no mês

Brasília – O Índice de Commodities Brasil (IC-Br), calculado pelo Banco Central (BC), registrou queda de 2,97% em fevereiro comparado com o resultado de janeiro. Em 12 meses encerrados em fevereiro, houve alta de 8,31%.

O IC-Br é calculado com base na variação em reais dos preços de produtos primários (commodities) brasileiros negociados no exterior. O BC observa os produtos que são relevantes para a dinâmica dos preços ao consumidor no Brasil.

O segmento de commodities agropecuárias (carne de boi e de porco, algodão, óleo de soja, trigo, açúcar, milho, café e arroz) registrou a maior queda (3,83%) no mês.

A redução no segmento de energia (petróleo, gás natural e carvão) chegou a 0,10%, enquanto o segmento de metais (alumínio, minério de ferro, cobre, estanho, zinco, chumbo e níquel) registrou baixa de 1,72%.

Em fevereiro, o Índice Internacional de Preços de Commodities (CRB), calculado pelo Commodity Research Bureau, teve queda mais acentuada (3,55%) do que o IC-Br no mês. Em 12 meses encerrados em fevereiro, o índice internacional registrou alta de 11,09%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.