Guedes é escolhido por revista como melhor ministro da Economia da região

Global Markets diz que Guedes assumiu após queda do investimento, escândalos de corrupção e impasses políticos e destaca avanço da reforma da Previdência

São Paulo - Paulo Guedes foi escolhido o Ministro das Finanças do ano na América Latina pela revista inglesa Global Markets.

Antes conhecida como Emerging Markets, a publicação circula há três décadas nas reuniões anuais do FMI (Fundo Monetário Internacional) e do Banco Mundial.

O texto no site da publicação destaca que Guedes assumiu após anos de queda do investimento, escândalos de corrupção e impasses políticos e que apesar das expectativas altas do mercado, havia dúvida sobre se ele conseguiria aprovar reformas sob comando de um presidente polarizador.

O sucesso, no entanto, estaria provado pela reforma da Previdência, que apesar de atrasos e de desidratação ainda deve garantir uma economia na casa de R$ 800 bilhões ao longo de 10 anos e deve ser apreciada em segundo turno pelo Senado nesta terça-feira (22).

A premiação ocorreu no sábado em Washington. O ministro cancelou sua ida à capital americana para o encontro do FMI alegando “prioridades" aqui no Brasil e confirmou que elas estariam ligadas à apresentação da agenda pós-Previdência com medidas como as reformas administrativa e tributária.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 9,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.