Grécia se compromete a cumprir o prazo do FMI de 9 de abril

Há três semanas, um boato, alimentado por uma carta do primeiro-ministro grego Alexis Tsipras, sugeria que Atenas não seria capaz de honrar a data limite

Washington – A Grécia se comprometeu a pagar 460 milhões de euros que deve ao Fundo Monetário Internacional até o dia 9 de abril, anunciou Christine Lagarde, a diretora-gerente do FMI, ao fim de uma reunião em Washington com o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis.

“Estamos convencidos de que a incerteza não é do interesse da Grécia e saúdo a confirmação por parte do ministro de que os pagamentos ao Fundo serão efetuados no dia 9 de abril”, afirma Lagarde em um comunicado.

“O ministro Varoufakis e eu trocamos nossos pontos de vista sobre a evolução dos acontecimentos atuais e acreditamos que uma cooperação eficaz é do interesse de todos”, completou.

Há três semanas, um boato – alimentado por uma carta alarmista do primeiro-ministro grego Alexis Tsipras à chanceler alemã Angela Merkel em 15 de março, com a advertência de que o país poderia não cumprir os próximos pagamentos da dívida – sugeria que Atenas não seria capaz de honrar a data limite de 9 de abril.

E declarar um default poderia ter consequências difíceis de calcular, segundo os economistas.

A Grécia não recebeu os fundos restantes dos 240 bilhões de euros do pacote de resgate concedido pela União Europeia e o FMI, ao mesmo tempo que Bruxelas exigiu aprovar primeiro o plano de reformas da Grécia revisado.

As negociações entre Atenas e a UE estão em uma fase difícil.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.