Grécia precisa de tempo de carência para sua dívida, diz FMI

"É possível restaurar a sustentabilidade da dívida sem reduzi-la embora isso signifique amplas concessões", disse o porta-voz do FMI

A Grécia precisará ser liberada por um tempo do pagamento a seus credores e organizar suas finanças caso a União Europeia se recuse a reduzir sua dívida, disse nesta quinta-feira o Fundo Monetário Internacional (FMI).

"É possível restaurar a sustentabilidade da dívida sem reduzi-la embora isso signifique amplas concessões; incluindo um longo período de carência e maturidade e taxas de juros muito baixas", disse o porta-voz do FMI, Gerry Rice.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.