Governo de MG vai investir R$ 25 bilhões em fábrica de veículos elétricos

A estimativa é de que a fábrica de veículos e packs de baterias comece a ser implantada em junho de 2021 e inicie a operação em 2023

O governo de Minas Gerais anunciou nesta sexta-feira que assinou protocolo de intenção com a Bravo Motor para fábrica de veículos elétricos e packs de baterias na região metropolitana de Belo Horizonte, com investimento previsto de 25 bilhões de reais.

Novas fases de investimento estão previstas para outras regiões de Minas, com produção de baterias de lítio, afirmou o governo mineiro, em comunicado.

Segundo o presidente da Bravo Motor no Brasil, Eduardo Javier Muñoz, a estratégia inicial era abrir três fábricas no Brasil, uma em Minas, outra no Sul e outra no Norte, mas decidiu depois que deveria se concentrar no Estado mineiro.

A estimativa é de que a fábrica de veículos e packs de baterias comece a ser implantada em junho de 2021 e inicie a operação em 2023. A produção estimada para 2024 é de 22.790 unidades de veículos e 43.750 de unidades de packs de baterias. O investimento deve ser realizado até o fim de 2029.

A empresa ArqBravo Group começou a operar em 2008 na Argentina. Em 2019, criou uma comunidade de energia para produção de baterias, tetos solares e veículos, na Califórnia. No Brasil, tem projetos de mobilidade elétrica no Pará, com frota de 1,1 mil veículos elétricos em Belém.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.