A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Governo central reduz ritmo de expansão de despesas

Gastos totais tiveram alta de 9,1% de janeiro a maio, em relação ao mesmo período do ano passado; receita subiu 17,4% na mesma comparação

Brasília - As despesas do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) cresceram 9,1% de janeiro a maio deste ano em relação ao mesmo período de 2010. Já as receitas totais do governo central apresentaram crescimento de 17,4% na mesma comparação. Nos cinco primeiros meses de 2010, as despesas haviam crescido 18,5% em relação ao ano anterior, em ritmo superior ao desempenho das receitas, que até então apresentavam aumento de 17,9%.

A redução no ritmo de expansão das despesas em 2011 pode ser explicada pelo freio nos investimentos totais do governo. Até maio deste ano, foram pagos R$ 16,9 bilhões em investimentos, com avanço de apenas 1% em relação aos cinco primeiros meses de 2010. Além disso, pelo quinto mês consecutivo o ritmo de expansão dos investimentos diminuiu. Em janeiro, a comparação com 2010 mostrava um crescimento de 85%, que caiu para 25% no primeiro bimestre, para 9% no primeiro trimestre e encerrou o quadrimestre em 5%.

Já os investimentos relacionados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) chegaram a R$ 9,802 bilhões de janeiro a maio deste ano, com crescimento de 37% em relação a igual período de 2010. Até abril, essa comparação mostrava uma expansão de 39%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também