FMI nega empréstimo para a Autoridade Palestina

O pedido havia sido feito por Israel já que, a Autoridade Palestina, como não é um Estado, não está habilitada a obter um empréstimo

Jerusalém - Israel solicitou recentemente ao Fundo Monetário Internacional (FMI) um empréstimo de um bilhão de dólares para a Autoridade Palestina, que sofre uma grave crise financeira, mas a instituição financeira negou o pedido.

O presidente do Banco Central de Israel, Stanley Fisher, apresentou a demanda durante a conferência anual do FMI em abril em Washington, depois de um encontro com o primeiro-ministro palestino Salam Fayyad, informa o jornal Haaretz.

Fisher apresentou o pedido com o consentimento do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, segundo o jornal.

Como não é um Estado, a Autoridade Palestina não está habilitada para obter um empréstimo como tal e pediu a Israel que representasse e transferisse os recursos, que se comprometeu a restituir.

Para não criar um precedente de concessão de empréstimo a uma entidade não estatal, o FMI rejeitou a demanda israelense, completa o jornal.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.