Exportações em 2016 devem cair 1% e somar US$ 187,443 bi

O resultado representa uma queda de 1% em relação aos US$ 189,367 bilhões em exportações estimados para 2015

Rio – As exportações brasileiras devem somar US$ 187,443 bilhões em 2016, segundo as projeções divulgadas nesta quarta-feira, 16, pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

O resultado representa uma queda de 1% em relação aos US$ 189,367 bilhões em exportações estimados para 2015.

As importações apresentarão recuo ainda maior. A previsão da entidade é que somem US$ 158,215 bilhões no ano que vem, uma retração de 9,5% ante os US$ 173,662 bilhões previstos para este ano.

Como consequência, a AEB espera que o País tenha um superávit de US$ 29,228 bilhões em 2016, quase o dobro dos US$ 15,705 bilhões estimados para 2015.

Segundo projeções divulgadas hoje pela AEB, o País deve melhorar a exportação de produtos industrializados em 2016.

A expectativa é que somem US$ 100,583 bilhões no ano que vem, um aumento de 3,1% em relação às estimativas para este ano, de US$ 97,573 bilhões.

Os produtos manufaturados puxarão esse crescimento nas exportações brasileiras de industrializados, passando de US$ 71,099 bilhões em 2015 para US$ 74,627 bilhões em 2016, alta de 5%.

Os semimanufaturados, por sua vez, devem passar de US$ 26,474 bilhões para US$ 25,956 bilhões, uma redução de 2%.

As exportações de produtos básicos devem registrar queda de 5,5%, saindo de US$ 87,067 bilhões em 2015 para US$ 82,300 bilhões em 2016.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.