Evans, do Fed, vê expansão dos EUA de 3% a 3,5% em 2010

NOVA YORK (Reuters) - Charles Evans, presidente do Federal Reserve de Chicago, disse nesta segunda-feira que a economia norte-americana deve crescer de 3 a 3,5 por cento em 2010, mas que a inflação baixa fornece espaço para a manutenção da política monetária expansionista por um período prolongado.

O ano que vem "definitivamente será um ano melhor" que 2009, acrescentou ele em entrevista à rede de televisão CNBC.

Evans, que neste ano é membro votante do Comitê Federal de Mercado Aberto do Fed, acrescentou "um período prolongado" significa aproximadamente três ou quatro reuniões.

"Eu já disse que para mim isso significa cerca de três a quatro reuniões."
 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.