EUA vão impor sanções a todos os países que importem petróleo do Irã

Na segunda, Trump aplicou sanções contra o líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, e a outras autoridades do país

Londres — Os Estados Unidos vão impor sanções a quaisquer países que importem petróleo iraniano e não há exceções, disse o enviado especial dos EUA ao Irã, Brian Hook, nesta sexta-feira.

O presidente Donald Trump mirou sanções ao líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, e a outras autoridades do país na segunda-feira, dando um passo sem precedentes para aumentar a pressão sobre o Irã depois da queda de um avião não-tripulado na semana passada.

"Vamos sancionar quaisquer importações de petróleo bruto do Irã... Agora não há isenções em vigor", disse Hook quando questionado sobre a venda de petróleo bruto à Ásia, acrescentando que os EUA observariam relatórios sobre a relação comercial da commodity iraniana com a China.

"Vamos sancionar quaisquer aquisições ilícitas de petróleo bruto iraniano", disse Hook a repórteres em Londres.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.